Engenharia Genética

Friday, March 24, 2006

Engenharia genética e genoma

A Engenharia Genética, foi um tema abordado e estudado nas aulas de Biologia. Através do estudo deste tema, podemos acompanhar a evolução do Homem perante o organismo, não a nivel físico claro, mas sim a nivel genético. O Homem à nascença, possui uma determinada configuração genética,configuração essa que lhe foi atribuida por parte dos progenitores. Contudo, o património genético pode estar modificado,alterado, modificação essa à qual chamamos mutação. Através da engenharia genética essas modificações podem, hoje em dia, ser de certa forma, combatidas. Deste modo, a engenharia genética pode ser utilizada para o bem do Homem. Contudo, a modificação genética de certos organismos vivos pode também acarretar problemas para esses organismos. Deste modo, não podemos falar da engenharia genética como sendo apenas benéfica para o Homem mas sim primeiro ter noção das consequências que pode trazer ao Homem a alteração de determinados organismos.

Wednesday, March 22, 2006

Experiências na genética

Cientistas descobrem gene que regula a fertilidade investigação Cientistas australianos anunciaram, ontem, a descoberta de um gene regulador da fertilidade quando estudavam terapias contra o cancro. Michael McKay, do Centro para o Cancro do Hospital Peter MacCallum de Melbourne, explicou que a descoberta ocorreu durante um estudo sobre os efeitos da radioterapia. Por meio de engenharia genética, McKay criou um ratinho que não dispunha de dois genes necessários para reparar ADN danificado por radiação e descobriu que o animal não podia reproduzir-se. Durante o estudo, foram também criados ratinhos com um desses genes, conhecidos como REC8, e comprovou-se que as fêmeas abortavam sempre que engravidavam. McKay explicou que usou ratinhos devido à semelhança da sua estrutura genética com a dos seres humanos.

Monday, March 20, 2006

Como funciona a engenharia genética?

A engenharia genética utiliza enzimas para quebrar a cadeia e DNA em determinados lugares, inserindo segmentos de outros organismos e costurando a seqüência novamente. Os cientistas podem "cortar e colar" genes de um organismo para outro, mudando a forma do organismo e manipulando sua biologia natural a fim de obter características específicas (por exemplo, determinados genes podem ser inseridos numa planta para que esta produza toxinas contra pestes). Este método é muito diferente do que ocorre naturalmente com o desenvolvimento dos genes. O lugar em que o gene é inserido não pode ser controlado completamente, o que pode causar resultados inesperados uma vez que os genes de outras partes do organismo podem ser afetados.

Saturday, March 18, 2006

"Esta é uma tecnologia imperfeita que traz o perigo....O mais preocupante é a imprevisibilidade dos seus resultados"
Dr.Michel Antoniou (Senior Lecturer in Molecular Biology, London)

Thursday, March 16, 2006

Potencialidades da engenharia genética

A engenharia genética permite que cientistas usem os organismos vivos como matéria prima para mudar as formas de vida já existentes e criar novas.

Monday, March 06, 2006

O que é a engenharia genética?

Praticamente, a engenharia genética nasceu com o desenvolvimento das técnicas de inseminação “in vitro” e na reprodução tradicional de vegetais, onde a modificação genética era feita na planta propriamente dita. A ciência da fermentação também se incluiu neste escopo.
Hoje, a engenharia genética evoluiu com a chamada tecnologia do DNA recombinante, onde a modificação se faz, não mais a nível de organismo, mas a nível da célula do organismo.
Com isso, pretende-se obter organismos modificados, através da manipulação genética e para os quais se quer que realizem funções programadas.
Tal modificação se consegue com a inserção ou retirada de partes do DNA do organismo.
Na inserção, o material inserido pode ser de uma linhagem diferente da mesma espécie ou de espécie distinta.
Com isso, pode haver um compartilhamento, não só de espécies que nada têm a haver uma com as outras e até criados (construídos) organismos totalmente novos.
A engenharia genética vem sendo aplicada a plantas, a animais e até em microorganismos como bactérias e vírus.